Conversando sobre: os 5 BCs da Betta

Conversando sobre: os 5 BCs da Betta

Uma das melhores missões do DiasdeCacho é procurar entender a relação das pessoas em transição com o cabelo delas. Esses dias, me surpreendi com a história da Roberta, ou melhor, com as transições da Betta, dona do canal e Instablog Oxente Neguinha.

Mas o que me chamou mais atenção? Ela já fez cinco BCs. Isso mesmo, cinco cortes para tirar química. Hoje ela está na sexta transição, sem pretensões de cortar. Vamos entender melhor essa história?

> De onde vem essa coragem?

– “Minha vontade é tão intensa de saber como meu cabelo realmente é, tenho tanta esperança que um dia me aceitar da maneira que eu sou e ache bonito…Mas tenho a consciência de que talvez não forme a curvatura que eu quero nos meus fios, que pode não ser da maneira que imaginei. Mesmo assim quero saber até onde isso irá! Então a resposta correta para “de onde vem essa força” é determinação e coragem. É dessa curiosidade de poder saber como tudo vai terminar, e também a esperança de, mesmo ainda não gostando do jeito que ele está, sei que um dia ele ficará do jeitinho que ele bem quer e tenho a plena certeza que vou amar tudo isso!

> 5 BCs? Foi preciso isso tudo? Conta um pouco como foi essa experiência!

oxente neguinha3– Sim. Foi preciso! Foi no São João de 2015 quando decidi que entraria em transição, a primeira… fiquei de junho até setembro, só fazendo coque e texturização. Mas, quem disse que eu tive paciência? Dia 5 de setembro de 2015, falei: Mãe, é hoje. Ela respondeu “Hoje o que menina?”E eu disse: Que eu vou cortar meu cabelo! Lá vou eu para o salão, a moça perguntou se poderia cortar tudo. Eu respondi que sim. “Tem certeza?” Respondi que sim novamente e ela começou a fazer o meu big chop.

Betta conta que a mãe dela não acreditou que ela tinha tido coragem de cortar tudo de uma só vez. Comentou no salão e continuou falando quando chegaram em casa. Aquilo deixou Roberta pra baixo.

– Já é um procedimento difícil, você ainda não tem apoio de quem você mais espera… No sábado eu tinha um trabalho fotográfico para fazer (eu era a modelo) e ela questionando como seria, pós BC. “Você vai assim?” Na época Beleza Natural estava super em alta. Adivinha ? Fui linda e plena achando que iria resolver meu pepino. Só fez piorar porque alisou tudo, dois dias depois eu coloquei mega hair, quando eu tirei, tava só o caco o cabelo.

oxente neguinha2Cortei novamente, meu segundo BC, e até então eu não parava de relaxar a raiz, na ilusão de que meu cabelo só iria ficar bom assim. Tinha a mania de ir tirando as pontas do meu cabelo, porque alisava e ficava ralo. Teve um dia que eu cortei demais, desproporcional, entrei em prantos e quis botar tranças achando que iria melhorar. Mas quando eu tirei, estava do mesmo jeito… fiz novamente BC. Repeti esse processo de tirar tranças, cortar e alisar até o quinto e último BC.

>E agora, parou? 

Há sete meses não uso nenhum procedimento químico.  Atualmente coloquei tranças boxbraids e vou ficar assim por tempo indeterminado, até me resolver com meu “amorzinho”!

==

Que missão, heim, gente?! Mas vale a pena! Acompanhe a transição de Betta pelo Instagram dela! Vou repetir aqui: Oxente Neguinha | Ela também fotografa: @bettafotografias . 

Beijos,

Bruna Dias

 

Anúncios
5 dicas para não desistir da transição capilar

5 dicas para não desistir da transição capilar

ovelha_cartaamiga-1050x718 (1).png
Ilustração por Marcella Tamayo para ovelhamag.com

Nós sabemos que passar pela Transição Capilar não é fácil. Nossa cabeça e coração ficam divididos entre “ficar de boa” com o cabelo alisado ou seguir até o fim com a mudança. Se você está no dilema profundo, separei algumas dicas para além das faixas, brincos e maquiagens, para não desistir da transição.

1. Valorize mais os conselhos positivos. Mas, tenha consciência de que não adianta ignorar as coisas ruins que as pessoas falam, afinal, são opiniões também e vale a pena ouvir quem desistiu. No dia antes do meu bigchop vi tudo que é tipo de vídeo, até aqueles “ Fiz bc e me arrependi”… Poréeeem, valorize mais os conselhos de quem passou pela transição e hoje está satisfeito. Eles vão te ajudar a chegar até o fim (que é só o começo).

2. Sim, é só o começo. Uma dica que eu dou é tentar imaginar a transição como uma… transição de fato! São alguns meses comparados ao tempo gigantesco que você vai ter com seus cachos.

3. Eu falo bastante do meu bc, mas você sabe que não é obrigada a cortar, então desencana quando todo mundo começar a falar pra você “cortar logo esse cabelo”. O cabelo é teu, a transição é sua, o desapego vai vir ou não. Eu quis desapegar com 6 meses, mas muita gente prefere segurar 1, 2 anos. A transição é feita de escolhas desde o começo. Você podia ter continuado alisando. As pessoas pensam que você só pode ser louca por deixar aquele cabelo lindo pra passar pela transição… E mesmo assim você entrou nela! Não importam as pessoas. Só dá pra fazer quando se está segura do que quer!!!

4. Não ache que seu cabelo vai ser exatamente como ele está debaixo daquelas pontas lisas. No começo eu amava ver minhas ondinhas crescendo, até chorava de alegria, mas depois começou a me incomodar ficar olhando as duas texturas… você sabe que seu cabelo vai se libertar completamente depois do grande corte, então, não tem porque ficar grilada com a textura dele enquanto ainda está na transição (normalmente ele parece muito mais ressecado que o normal).

5. Essa dica é continuação da de cima… difícil, mas é melhor você não comparar seu cacho com os cachos das blogueiras que você segue. Simplesmente porque cada cabelo é diferente. Se você passar pela transição esperando o cacho perfeito, pode se decepcionar muito. E não é pra isso que a gente tá aqui né? Transição é muito mais que isso.

Podemos dar UM MILHÃO de dicas, a escolha sempre vai ser sua e não tem problema desistir. Mas, tem um mundo lindo crespo e cacheado te esperando!

Beijos, Bruna Dias