5 dicas para não desistir da transição capilar

5 dicas para não desistir da transição capilar

ovelha_cartaamiga-1050x718 (1).png
Ilustração por Marcella Tamayo para ovelhamag.com

Nós sabemos que passar pela Transição Capilar não é fácil. Nossa cabeça e coração ficam divididos entre “ficar de boa” com o cabelo alisado ou seguir até o fim com a mudança. Se você está no dilema profundo, separei algumas dicas para além das faixas, brincos e maquiagens, para não desistir da transição.

1. Valorize mais os conselhos positivos. Mas, tenha consciência de que não adianta ignorar as coisas ruins que as pessoas falam, afinal, são opiniões também e vale a pena ouvir quem desistiu. No dia antes do meu bigchop vi tudo que é tipo de vídeo, até aqueles “ Fiz bc e me arrependi”… Poréeeem, valorize mais os conselhos de quem passou pela transição e hoje está satisfeito. Eles vão te ajudar a chegar até o fim (que é só o começo).

2. Sim, é só o começo. Uma dica que eu dou é tentar imaginar a transição como uma… transição de fato! São alguns meses comparados ao tempo gigantesco que você vai ter com seus cachos.

3. Eu falo bastante do meu bc, mas você sabe que não é obrigada a cortar, então desencana quando todo mundo começar a falar pra você “cortar logo esse cabelo”. O cabelo é teu, a transição é sua, o desapego vai vir ou não. Eu quis desapegar com 6 meses, mas muita gente prefere segurar 1, 2 anos. A transição é feita de escolhas desde o começo. Você podia ter continuado alisando. As pessoas pensam que você só pode ser louca por deixar aquele cabelo lindo pra passar pela transição… E mesmo assim você entrou nela! Não importam as pessoas. Só dá pra fazer quando se está segura do que quer!!!

4. Não ache que seu cabelo vai ser exatamente como ele está debaixo daquelas pontas lisas. No começo eu amava ver minhas ondinhas crescendo, até chorava de alegria, mas depois começou a me incomodar ficar olhando as duas texturas… você sabe que seu cabelo vai se libertar completamente depois do grande corte, então, não tem porque ficar grilada com a textura dele enquanto ainda está na transição (normalmente ele parece muito mais ressecado que o normal).

5. Essa dica é continuação da de cima… difícil, mas é melhor você não comparar seu cacho com os cachos das blogueiras que você segue. Simplesmente porque cada cabelo é diferente. Se você passar pela transição esperando o cacho perfeito, pode se decepcionar muito. E não é pra isso que a gente tá aqui né? Transição é muito mais que isso.

Podemos dar UM MILHÃO de dicas, a escolha sempre vai ser sua e não tem problema desistir. Mas, tem um mundo lindo crespo e cacheado te esperando!

Beijos, Bruna Dias

Anúncios
“Pude ver que o que me deixa bonita não é só o cabelo”. Saiba mais sobre a transição da Deyse!

“Pude ver que o que me deixa bonita não é só o cabelo”. Saiba mais sobre a transição da Deyse!

deyse

Hoje vamos falar da transição da Deyse dos Santos. São cachos tão lindos que vocês PRECISAM ver: @deyse_dossantos.

Deyse passou 4 meses na transição. Decidiu entrar na transição porque não aguentava mais ser “escreva” da chapinha e dos relaxamentos. O cabelo estava pedindo socorroooo. E a autoestima de Deyse também. Com a palavra:

Pensei várias vezes em desistir, ouvi críticas e até conselhos para alisar de novo. Essa é a minha segunda transição capilar, a primeira eu acabei ouvindo os “conselhos” mas, enfim, tive o apoio do meu namorado, da minha melhor amiga que também fez bc, conta.

deyse1O Big Chop

“No início muitos não entenderam porque meu cabelo estava daquela forma. Quando eu cortei, me chamaram de doida, disseram que preferiam meu cabelo alisado, mal sabiam que aquela tal forma não me deixava bem.

Logo quando cortei, me senti bem. Mais bonita, com um cabelo prático, eu pude ver que o que me deixa bonita não é só o cabelo, mas o sorriso no rosto e a certeza de que eu não poderia mais me preocupar com a chuva, com um fio fora do lugar.

Hoje eu me dedico total aos meus fios e cuido com amor, não me arrependo de ter cortado, me arrependo de ter desistido na primeira vez”.

Inspirações

“Minha maior inspiração foram muitas mulheres que passaram pela mesma situação. Pensei que iria ficar desesperada pro cabelo crescer, mas pelo contrário, eu curti cada mês, cada centímetro, pois cabelo cresce rápido e não queria apressar ele.

As redes sociais formam uma peça chave. Vou lhe dar um dica infalível: TENHA PACIÊNCIA! Siga pessoas que estão no mesmo objetivo que você, se apegue aos que te apoiam”.

 

Essas foram as palavras da Deyse! Lindas né ?! Me manda sua história também! É só mandar um oi clicando aqui! ❤

Beijos, Bruna  Dias