Hidrata, querida!

Hidrata, querida!

bridgid_ryan-nappy-As donas dos cabelos crespos e cacheados já sabem: hidratação salva. Aquela rotina de pegar o creme, usar uma touquinha (ou sacola de plástico mesmo rs) e esperar os trinta minutos milagrosos realmente faz bem pro nossos fios. É nessa hora que colocamos nosso cabelitcho pra recuperar a queratina e as proteínas perdidas.

O cabelo crespo é naturalmente mais ressecado. A hidratação, quando bem feita, devolve o brilho para os cabelos e aparência de fios mais saudáveis. Além disso, ajuda a reduzir o frizz e consequentemente, melhora a definição dos cachos. Ideal fazer o procedimento pelo menos uma vez no mês (depende do tipo de cronograma que você montar também).

Eu amoooo hidratar. É páreo com a nutrição (que também ajuda muito no ressecamento).

Alguns cremes são meus favoritos (Haskell Mandioca, Quina Rosa, Amigo de Milho e Desmaia Crespíssimo da Salon Line), mas também sou fã das receitinhas caseiras ❤

Ah, a foto linda que ilustra esse texto é de @bridgid_ryan , encontrei no https://www.nappy.co/  . Depois falo mais sobre esse site, é um banco de imagens somente com fotos de pessoas negras. Show, né?! ❤

Bruna Dias

Minuto em Dia: Skala Cosméticos

Minuto em Dia: Skala Cosméticos

skalaOii, gente! Vim falar do primeiro produto da SKALA que eu comprei! Estava no Saara e vi uma loja de cosméticos com cremes em promoção, bati os olhos e alguns eram da Skala 😍 Comprei o Coquetel de Frutas, para hidratação.
O creme é condicionante, a marca diz que nutre e dá brilho e reparação total aos fios. “Cabelos leves, hidratados e sedosos”.
Fui testar, claro. Não comprei propriamente em promoção, foi uns R$ 12, em muitos

lugares é R$ 7 e pouco. Mas como eu nunca tinha encontrado, resolvi comprar. Vi muitas meninas dizendo que o creme é muito bom para misturinhas. Achei aparência, textura e cheiro MUITO parecidos com as máscaras da Kanechom.

bruna

Baratinho do bem
Meu cabelo ficou macio e cacheado na primeira aplicação pura do produto💓
Ah, contem Petrolato, não é liberado.
Ainda to na meta de achar a maionese da Skala, dizem que é maravilhosa!!!
Bjs, Bruna Dias
Minuto em Dia: Co-Wash

Minuto em Dia: Co-Wash

BOXBRAIDS (2).png

No último post falei sobre como funciona o Co-washtécnica em que não se usa shampoo para lavar o cabelo, apenas condicionador. Hoje vou contar qual produto escolhi para começar o co-wash. Existem muitos no mercado, apesar de não ser super fácil ainda encontrar nas farmácias. Fui em umas três até achar  o que eu queria, que é Co Wash Cachos Perfeitos da Bio Extratus. A linha desse condicionador conta ainda com outros produtos desenvolvidos pra quem segue as técnicas de Low Poo e No Poo.

Mas, o que tem de tão bom nesse condicionador? Várias coisas boas: baobá, karité, coco e microqueratina vegetal.  Não tem parabenos!

o que achei

cowash

O Produto: 

O condicionar é transparente e isso foi uma surpresinha de cara hahaha. A textura é consistente, mas ele não pesa nos fios. Faz pouca espuma, não precisa colocar muito produto no cabelo, ele é assim mesmo.

Eficácia: 

Limpa bastante! Meu cabelo fica um tico ressecado no final, mas a sensação é de que limpou mais que um shampoo normal. O que me surpreende é que logo que eu saio do banho e balanço a cabeça, meus cachos ficam super definidos. Normalmente o shampoo normal resseca tanto que isso só acontece após passar condicionador, pra dar aquele efeito desmaia cabelo. No caso do co-wash, eu só preciso finalizar o cabelo depois de lavar.

Duração da limpeza: 

Mesmo usando alguns cremes para finalizar, não estou sentindo aquela necessidade de lavar o cabelo. Você sabe do que estou falando, né?! Quando o cacho nem quer mais formar por causa da sujeira. Também estou sentindo o cabelo menos ressecado durante o dia e até menos oleoso na raiz. Ou seja, algumas partes do cabelo já conservam os cachos por mais tempo durante o dia. Ainda tenho problemas na frente, que ressaca facilmente e perde a textura dos cachos 😦

Por fim, eu indico o condicionador e a técnica. Vou continuar fazendo o mês todo para ter certeza dos efeitos, mas já estou curtindo! Aliado a isso, continuo com as hidratações, nutrições e restaurações. Vamos crescer saudável, cabelinho!

Dúvidas ou sugestões, me manda uma mensagem!  Ou deixa um recado aqui!

Um beijo, Bruna Dias 

Você sabe o que é Co-Wash?

Você sabe o que é Co-Wash?

BOXBRAIDS.png

Voltei, agora pra ficar! Fiquei um tempo afastada do blog, de mal com meu cabelo. Mas, ainda bem que tudo passa, não é mesmo?! Cá estou eu. O motivo da DR foi a secura. Meu cabelo resolveu tornar nossa relação áspera. Sem conversa, eu podia passar o que fosse, hidratação daqui, nutrição de lá. Algumas pessoas me disseram que a gente precisava de uma reestruturação capilar. Fizemos o teste de porosidade: cara, só podia ser isso! Olha, tentamos, mas ainda assim não deu muito certo.  Eu queria me separar. Eu queria cachos definidos.

Eis que lendo e relendo vimos uma técnica que poderia ser a solução dos problemas: o Co-Wash existe e taí pra ser feito. Vou testar por um mês e mostrar os resultados. Mas afinal, como isso funciona?

Resumindo, o Co-Wash é uma técnica em que não se usa shampoo para lavar o cabelo. Pode parecer bem estranho, porque a sempre cresce aprendendo que o shampoo é o que limpa os fios. Na verdade, no Co-Wash quem vai limpar o cabelo será o condicionador. Isso porque os shampoos tradicionais que a gente usa têm algumas substâncias que ressecam muito o cabelo, como o sulfato.

É só imaginar que o shampoo limpa tanto, tanto, que tira a oleosidade natural do cabelo!

Resultado de imagem para omg gif

Minha luta: Sou neurótica com lavagem, sempre que posso lavo. Daí vira uma guerra. cabelo resseca com o shampoo, produz mais oleosidade e em menos tempo eu já tenho vontade de lavar de novo!

Mas e esse condicionador aí? Vai lavar?

Sim. O condicionar vai fazer uma limpeza não tão agressiva, então não vai retirar a oleosidade natural do cabelo. O resultado é que os fios não ficam ressecados e os cachos ficam mais definidos, com menos frizz.

Pode dar ruim? Sim!

Não vai ser qualquer condicionador que vai limpar o cabelo. A gente sabe como fica quando passa só condicionador, acaba acumulando oleosidade. O condicionador não pode ter petrolatos (parafina ou óleo mineral), nem silicone.  Os produtos liberados normalmente tem indicação na embalagem, mas vale ler o rótulo também, até pra saber se eles possuem agente limpante.

Eu ainda não testei, então pedi ajuda pras experts no assunto. De acordo com o blog Mulheres Divando, por exemplo, essa técnica não é tão indicada pro pessoal que tem a raiz oleosa, ou alguma doença tipo seborreia, porque o condicionar na raiz pode piorar a oleosidade. O indicado é usar um shampoo (de preferência livre das substâncias “ruins”). Eu gosto muito do shampoo low poo Cachos Sim, da Haskell. A Arylle Barros do @cacheiamiss e a Mafê Souza @souzamafe não se deram bem com a técnica porque sentem a oleosidade pesar 😦

Como lavar:  Na hora de lavar, vai só o condicionador mesmo: molha o cabelo por um tempo, deixa bem molhado, depois passa condicionador para co-wash e não precisa esfregar. Enxágue. Se precisar, pode utilizar outro condicionador diferente para fechar as cutículas, se você sentir que ficou seco. Se achar que ficou oleoso, talvez seja legal usar um shampoo liberado na raiz e ir se adaptando. Eventualmente a oleosidade vai pesar e talvez tenha necessidade de usar um shampoo normal. O importante é ir diminuindo a quantidade de substâncias que ressecam o cabelo.

Vou testar o condicionador Co-Wash da Bio Extratus e digo como senti a primeira lavagem. É isso, vamos ver se recupero essa relação!

Um beijo, Bruna  

Minuto em Dia: você conhece o método U.C.P.E?

Minuto em Dia: você conhece o método U.C.P.E?

metodo ucpeParece uma sopa de letrinhas complicada, mas é simples: umectar, condicionar, pausar e enxaguar. O método U.C.P.E nada mais é do que uma forma de retirar a umectação do cabelo e potencializar o tratamento, que já é maravilhoso,  não é mesmo?!

Vamos por etapas:

(U)mectar: Método que utiliza óleos para hidratar os fios. Você deixa algumas horas, eu costumo fazer a umectação noturna, ou seja, durmo com o produto no cabelo.

(C)ondicionar: Aqui entra a novidade. A gente já sabe que o shampoo resseca os fios, retira oleosidade… tira o óleo todo. Pode parecer perfeito, tirar aquela melecada, mas no U.C.P.E, você NÃO vai perder toda ação óleo e NÃO vai deixar seu cabelo melado. Para isso, você esquece o shampoo e passa bastante condicionador. Ele irá tirar o grude e manter a hidratação. Eu já usei Yamasterol e gostei muito.

(P)ausar: Depois de passar o condicionar você aproveita pra arrumar suas coisas, separar a bolsa, tomar seu bainho e deixar ele lá agindo, em torno de 15 minutos. Tem gente que deixa agir como uma máscara – até 25 min.

(E)nxaguar: Agora é partir de cabeça pro chuveiro! Enxaguar para remover o condicionador e o óleo e finalizar do jeito que achar melhor!

Já testou o método? Me conta aí ❤

Por: Bruna Dias

Fontes:https://www.semprepronta.com/noticia/metodo-ucpe-o-que-e-e-como-fazer-essa-tecnica-que-vai-turbinar-a-sua-umectacao_a2709/1

http://cacheia.com/2017/05/metodo-ucpe/

Imagem: Visual Hunt (muito feliz por ter encontrado uma imagem que realmente tivesse a ver com a minha busca, normalmente só aparecem meninas brancas…).

Relaxamento capilar

Relaxamento capilar

Stockholm (1)

Por muitos anos eu relaxei meu cabelo. Aliás, relaxei mais do que fiz escovas para alisar. O objetivo sempre foi tirar o volume, o que mais me incomodava no meu cabelo cacheado. Não se falava em transição capilar, muito menos em aceitar as madeixas como elas são. A verdade é que eu e muitas meninas que eu conhecia queríamos o cabelo super controlado, o que as pessoas chamavam de “arrumado”.

cabelorelaxado
Ficava mais ou menos assim

O relaxamento capilar é um tipo de alisamento químico voltado para os cabelos crespos e cacheados. Normalmente ele é feito com Tioglicolato de amônia ou Guanidina e Hidróxido de sódio. Eu usei muito Guanidina, que é forte e incompatível com diversas outras substâncias. Lembro que meu couro cabelo às vezes ficava machucado e descascava. Ardia um pouco durante a aplicação e o cheiro não era nada bom.

Esse tipo de química pode até acabar alisando os cachos. No meu caso, ele tirava o volume e “acalmava” a raiz, o que me trazia muita paz ao coração hahaha Prometia abrir os cachos e defini-los e isso realmente acontecia. Mas, que fiquei refém do relaxamento, pois como durava muito pouco (em torno de 20 dias, porque meu cabelo cresce rápido) em poucas semanas eu já estava grilada com o volume mínimo que surgia na raiz.  Quando comecei a usar escovas para alisar, ainda conciliava com o relaxamento, para o efeito liso durar mais.

Não condeno quem gosta de fazer relaxamento. Ele de fato ajuda a baixar o volume e tem gente que não curte volume mesmo. Só é preciso ter atenção para não misturar químicas, já que esses produtos são facilmente encontrados em farmácias e a aplicação pode ser feita em casa. Alguns podem ser muito fortes e incompatíveis com tinturas, por exemplo. Daí, ao invés de um cabelo solto e brilhoso, podem aparecer problemas como queda, corte químico, cabelo muito ressecado. O primeiro passo é sempre fazer um teste de mecha antes de aplicar. Depois do relaxamento, aconselho seguir o cronograma capilar, porque sentia o cabelo bem seco.

E aí, você já relaxou ou relaxa o cabelo?

Confira essa tabela de compatibilidade química, do site Presença Cacheada:

tabela-de-compat..jpg

Fontes:

http://www.minhavida.com.br/beleza/tudo-sobre/18395-relaxamento-capilar

http://www.presencacacheada.com.br/cacheados-e-crespos/mudanca-de-quimica-capilar-sim-e-possivel/

#Sorteio: De onde vem a força dessa cacheada?

#Sorteio: De onde vem a força dessa cacheada?

sorteioNeste domingo, eu e Ana Rosa (@eu_anarosa) lançamos mais um sorteio no Instagram! O brinde? Esse Kit Ultra Baphônico, lançamento lindo da Lola Cosméticos! ⠀⠀⠀⠀

As regrinhas são: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– seguir o perfil da @diasdecacho e da @eu_anarosa
– curtir o post oficial (no feed da Ana)
– RESPONDER a pergunta no post oficial: De onde vem força dessa cacheada?⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– marcar DUAS amigas no post oficial 🍀

O kit vem com os mais queridinhos da Lola (infos retiradas do site da marca):

Morte Súbita – Máscara super hidratante

O que é: Tratamento semanal e muito luxuoso para cabelos sedentos de vida. Também 

WhatsApp Image 2017-12-03 at 13.26.08.jpeg

excelente para o uso pós processos de coloração ou outra química.

O que faz: Esta fórmula super saturada de ingredientes ativos restaura a barreira de hidratação natural dos cabelos para dar suavidade, força e desembaraçar sublime.

Argan Oil – Máscara reconstrutora 

O que é: Fórmula super rica com óleo de Argan / Pracaxi que fiinaliza o processo de reconstrução dos fios. Repõe aminoácidos e preenche áreas danificadas da cutícula enquanto restaura e protege os cabelos. Benefícios imediatos percebidos na primeira aplicação de brilho, maciez, condicionamento e redução do frizz.

 

O Poderoso Cremão –  Nutrição 

O que é: Poderoso tratamento de nutrição e reparação profunda para ser utilizado no lugar do condicionador de uso diário ou como máscara de tratamento semanal. Reconstrói, nutre e protege os cabelos severamente danificados, minimizando a quebra e pontas duplas. Proporciona condicionamento e brilho superior já na sua primeira aplicação. Restaura a força, corpo e maleabilidade dos fios sensíveis, fracos e quebradiços. Uso super recomendado para couro cabeludo desequilibrado, seco, oleoso, com coceira ou irritação proveniente de químicas agressivas e também para prevenir danos futuros.

Dá pra montar o cronograma com eles, né?! Além disso, o kit traz um cofre para você guardar dinheiro e comprar mais creminhos! 🤑  O sorteio será dia 19/12, às 20 horas. 💕💪🏽

Vai lá conferir! @diasdecacho – @eu_anarosa

Minuto em dia: Cabelo cai mais na transição

Minuto em dia: Cabelo cai mais na transição

blog

Da série “parece estranho, mas é normal”: o cabelo cai mais na transição capilar. Quem está ou passou por esse processo deve ter percebido o chão do banheiro cheio de fios de cabelo. Ainda que isso seja assustador, principalmente neste momento em que tudo que queremos é que o cabelo cresça e cacheie o mais rápido possível, não há motivos para se preocupar. Se você reparar, o cabelo não está caindo, ele está quebrando!

Claro que eu li sobre isso em vários sites, depois de me descabelar de nervoso. Uma dica é dar uma olhada no manual da transição capilar , do site Desventuras de uma cacheada.

Entendendo melhor: o que acontece na maioria das vezes é que o cabelo quebra na divisão entre o cabelo natural (fios novos) e o alisado (parte do fio com química). Isso ocorre porque nosso cabelo “novo” é divo naturalmente! Mais forte e resistente, fragilizando a parte que já sofreu muito com químicas.

Algumas saídas para amenizar a quebra:

Evitar pentear o cabelo seco – Pentear o cabelo seco pode quebrar os nós que se formam nos nossos fios. Na hora de pentear o ideal é dividir o cabelo em partes para desembaraçar

Evitar penteados apertados – Esses penteados tipo rabo de cavalo podem esticar demais os fios ou marcá-los em alguns lugares, fazendo com que quebrem

Seguir o cronograma capilar – O cronograma capilar, a rotina de cuidados e o uso de produtos adequados para cada tipo de cabelo ajudam fortalecer os fios, evitando quebra ou queda.

E ai, como tá sua transição?!

Inspirações e Fontes: Desventuras de uma cacheada + Maquiada e Cacheada 

Um beijo, Bruna

Testando! Diva de Cachos da Niely

Testando! Diva de Cachos da Niely

nielyOláaa! Na semana passada, uma amiga me deu um sache da linha Diva de Cachos da, Niely Gold, que ela ganhou no Rock in Rio. Foi amor à primeira vista, quer dizer, primeiro uso. Veio um pouco da Gelatina Mix e do Creme de Pentear Turbinado. A ideia é juntar os dois, e eu amei o resultado! Comecei então a busca pelos cremes hahaha e não encontrei. Ganhei os dois da Ana Mello e da Sheila Albuquerque, que trabalham na mesma empresa que eu, e que participaram de um evento da L’Oreal.

O resultado: A misturinha da primeira vez fez aquele efeito durinho no cabelo, que molda, mas sem ressecar. Da segunda não senti muito esse efeito (não sei porquê), mas continuei gostando. Decidi sair um dia só com a misturinha e ela segurou o dia todo, resultado que eu só consigo com vários cremes na cabeça. Em determinado momento, achei o cabelo ressecado, mas a poeira e a sujeira de um dia inteiro faz isso. Meu cabelo não ficou melecado, o cheiro é muito bom e os produtos não pesaram. Achei incrível o poder de modelar e dar volume da gelatina, ela ainda tem protetor solar. Não fiz a misturinha meio a meio, coloquei mais creme de pentear para não ficar com aspecto ressecado ao secar.

Na farmácia só encontrei a linha Soft Poo (que tem  embalagem rosa). Pesquisando mais, me assustei com a quantidade de produtos, as linhas são bem completas, contam com cremes de pentear (versão Turbinado e Pop), shampoo, gelatina, óleo e um “ampolão”. O valor do creme e da gelatina é uns R$ 12,00 mais ou menos.  A gelatina é liberada pra No Poo, os cremes são liberados para Low.  Alguns dos produtos tem  D- Panthenol, Karité, Argan, óleo de coco e Macadâmia.

Esse lançamento da Niely é recente e é voltado para os tipos 3abc e 4a. Acho que para tipos 2abc os produtos podem “pesar” nos fios. Como acho que meu cabelo está entre 3b e 4a,  o resultado foi um dos melhores que já tive com gelatinas e cremes.
É isso! Obrigada aos envolvidos rs ❤
Beijos, Bruna
Minuto em dia: Não se esquece de passar protetor solar… no cabelo!

Minuto em dia: Não se esquece de passar protetor solar… no cabelo!

EBAO verão está batendo à porta- digo, abrindo e entrando! -, e já está na hora de pensar nos novos cuidados que devemos tomar com nossas madeixas. Obviamente, eu nunca parei pra pensar porque precisava passar filtro solar no cabelo. No máximo comprava algum creme de pentear para usar no verão, muito por causa dos comerciais que surgem nesta época do ano, todos coloridos, sempre com aquela mulher balançando o cabelon, correndo na praia, se jogando na piscina, torcendo o cabelo pra provar que ele não quebra… EITA. Já deu pra entender né.

A verdade é que o verão, tão querido e aguardado, pode trazer alguns probleminhas para os nossos fios, que também sofrem com os danos causados pelos raios ulta-violeta (UVA e UVB). O sol lascando, aquela piscininha cheia de cloro e o mar delicioso podem provocar ressecamento, pontas duplas, envelhecimento, frizz e desbotamento. A gente não quer nada disso e quem pode nos salvar é o protetor solar.

Como eu já esperava, dei uma pesquisada, e o mais comum é achar o filtro no leave-in ou creme de pentear. Eu tenho alguns da Novex. Para aplicar, é só passar o creme no cabelo úmido, antes de correr pro sol e, depois do mergulho, ou a cada duas horas, enxugar o cabelo com água limpa e reaplicar. É tipo protetor solar mesmo, pra proteger do sol e hidratar, formando uma película em torno dos fios, pra que eles não fiquem ressecados. Algumas pessoas indicam passar sempre, até em dias nublados, o que não é tão difícil, já que muitos cremes, shampoos e condicionadores já vêm com filtro.

Como o ressecamento já é um grande vilão dos cabelos crespos, invisto bem na hidratação. Meu cronograma conta com esse cuidado pelo menos 2 vezes por semana.

Não pode dar mole, heim! Fique de olho no creme que você usa. Projeto cabelo hidratado e saudável no verão desde já!

por: Bruna Dias

Fontes: All Things Hair , Beleza e Saúde