Conversando sobre: os 5 BCs da Betta

Conversando sobre: os 5 BCs da Betta

Uma das melhores missões do DiasdeCacho é procurar entender a relação das pessoas em transição com o cabelo delas. Esses dias, me surpreendi com a história da Roberta, ou melhor, com as transições da Betta, dona do canal e Instablog Oxente Neguinha.

Mas o que me chamou mais atenção? Ela já fez cinco BCs. Isso mesmo, cinco cortes para tirar química. Hoje ela está na sexta transição, sem pretensões de cortar. Vamos entender melhor essa história?

> De onde vem essa coragem?

– “Minha vontade é tão intensa de saber como meu cabelo realmente é, tenho tanta esperança que um dia me aceitar da maneira que eu sou e ache bonito…Mas tenho a consciência de que talvez não forme a curvatura que eu quero nos meus fios, que pode não ser da maneira que imaginei. Mesmo assim quero saber até onde isso irá! Então a resposta correta para “de onde vem essa força” é determinação e coragem. É dessa curiosidade de poder saber como tudo vai terminar, e também a esperança de, mesmo ainda não gostando do jeito que ele está, sei que um dia ele ficará do jeitinho que ele bem quer e tenho a plena certeza que vou amar tudo isso!

> 5 BCs? Foi preciso isso tudo? Conta um pouco como foi essa experiência!

oxente neguinha3– Sim. Foi preciso! Foi no São João de 2015 quando decidi que entraria em transição, a primeira… fiquei de junho até setembro, só fazendo coque e texturização. Mas, quem disse que eu tive paciência? Dia 5 de setembro de 2015, falei: Mãe, é hoje. Ela respondeu “Hoje o que menina?”E eu disse: Que eu vou cortar meu cabelo! Lá vou eu para o salão, a moça perguntou se poderia cortar tudo. Eu respondi que sim. “Tem certeza?” Respondi que sim novamente e ela começou a fazer o meu big chop.

Betta conta que a mãe dela não acreditou que ela tinha tido coragem de cortar tudo de uma só vez. Comentou no salão e continuou falando quando chegaram em casa. Aquilo deixou Roberta pra baixo.

– Já é um procedimento difícil, você ainda não tem apoio de quem você mais espera… No sábado eu tinha um trabalho fotográfico para fazer (eu era a modelo) e ela questionando como seria, pós BC. “Você vai assim?” Na época Beleza Natural estava super em alta. Adivinha ? Fui linda e plena achando que iria resolver meu pepino. Só fez piorar porque alisou tudo, dois dias depois eu coloquei mega hair, quando eu tirei, tava só o caco o cabelo.

oxente neguinha2Cortei novamente, meu segundo BC, e até então eu não parava de relaxar a raiz, na ilusão de que meu cabelo só iria ficar bom assim. Tinha a mania de ir tirando as pontas do meu cabelo, porque alisava e ficava ralo. Teve um dia que eu cortei demais, desproporcional, entrei em prantos e quis botar tranças achando que iria melhorar. Mas quando eu tirei, estava do mesmo jeito… fiz novamente BC. Repeti esse processo de tirar tranças, cortar e alisar até o quinto e último BC.

>E agora, parou? 

Há sete meses não uso nenhum procedimento químico.  Atualmente coloquei tranças boxbraids e vou ficar assim por tempo indeterminado, até me resolver com meu “amorzinho”!

==

Que missão, heim, gente?! Mas vale a pena! Acompanhe a transição de Betta pelo Instagram dela! Vou repetir aqui: Oxente Neguinha | Ela também fotografa: @bettafotografias . 

Beijos,

Bruna Dias

 

Hidrata, querida!

Hidrata, querida!

bridgid_ryan-nappy-As donas dos cabelos crespos e cacheados já sabem: hidratação salva. Aquela rotina de pegar o creme, usar uma touquinha (ou sacola de plástico mesmo rs) e esperar os trinta minutos milagrosos realmente faz bem pro nossos fios. É nessa hora que colocamos nosso cabelitcho pra recuperar a queratina e as proteínas perdidas.

O cabelo crespo é naturalmente mais ressecado. A hidratação, quando bem feita, devolve o brilho para os cabelos e aparência de fios mais saudáveis. Além disso, ajuda a reduzir o frizz e consequentemente, melhora a definição dos cachos. Ideal fazer o procedimento pelo menos uma vez no mês (depende do tipo de cronograma que você montar também).

Eu amoooo hidratar. É páreo com a nutrição (que também ajuda muito no ressecamento).

Alguns cremes são meus favoritos (Haskell Mandioca, Quina Rosa, Amigo de Milho e Desmaia Crespíssimo da Salon Line), mas também sou fã das receitinhas caseiras ❤

Ah, a foto linda que ilustra esse texto é de @bridgid_ryan , encontrei no https://www.nappy.co/  . Depois falo mais sobre esse site, é um banco de imagens somente com fotos de pessoas negras. Show, né?! ❤

Bruna Dias

Minuto em Dia: Skala Cosméticos

Minuto em Dia: Skala Cosméticos

skalaOii, gente! Vim falar do primeiro produto da SKALA que eu comprei! Estava no Saara e vi uma loja de cosméticos com cremes em promoção, bati os olhos e alguns eram da Skala 😍 Comprei o Coquetel de Frutas, para hidratação.
O creme é condicionante, a marca diz que nutre e dá brilho e reparação total aos fios. “Cabelos leves, hidratados e sedosos”.
Fui testar, claro. Não comprei propriamente em promoção, foi uns R$ 12, em muitos

lugares é R$ 7 e pouco. Mas como eu nunca tinha encontrado, resolvi comprar. Vi muitas meninas dizendo que o creme é muito bom para misturinhas. Achei aparência, textura e cheiro MUITO parecidos com as máscaras da Kanechom.

bruna

Baratinho do bem
Meu cabelo ficou macio e cacheado na primeira aplicação pura do produto💓
Ah, contem Petrolato, não é liberado.
Ainda to na meta de achar a maionese da Skala, dizem que é maravilhosa!!!
Bjs, Bruna Dias
Minuto em Dia: você conhece o método U.C.P.E?

Minuto em Dia: você conhece o método U.C.P.E?

metodo ucpeParece uma sopa de letrinhas complicada, mas é simples: umectar, condicionar, pausar e enxaguar. O método U.C.P.E nada mais é do que uma forma de retirar a umectação do cabelo e potencializar o tratamento, que já é maravilhoso,  não é mesmo?!

Vamos por etapas:

(U)mectar: Método que utiliza óleos para hidratar os fios. Você deixa algumas horas, eu costumo fazer a umectação noturna, ou seja, durmo com o produto no cabelo.

(C)ondicionar: Aqui entra a novidade. A gente já sabe que o shampoo resseca os fios, retira oleosidade… tira o óleo todo. Pode parecer perfeito, tirar aquela melecada, mas no U.C.P.E, você NÃO vai perder toda ação óleo e NÃO vai deixar seu cabelo melado. Para isso, você esquece o shampoo e passa bastante condicionador. Ele irá tirar o grude e manter a hidratação. Eu já usei Yamasterol e gostei muito.

(P)ausar: Depois de passar o condicionar você aproveita pra arrumar suas coisas, separar a bolsa, tomar seu bainho e deixar ele lá agindo, em torno de 15 minutos. Tem gente que deixa agir como uma máscara – até 25 min.

(E)nxaguar: Agora é partir de cabeça pro chuveiro! Enxaguar para remover o condicionador e o óleo e finalizar do jeito que achar melhor!

Já testou o método? Me conta aí ❤

Por: Bruna Dias

Fontes:https://www.semprepronta.com/noticia/metodo-ucpe-o-que-e-e-como-fazer-essa-tecnica-que-vai-turbinar-a-sua-umectacao_a2709/1

http://cacheia.com/2017/05/metodo-ucpe/

Imagem: Visual Hunt (muito feliz por ter encontrado uma imagem que realmente tivesse a ver com a minha busca, normalmente só aparecem meninas brancas…).

Minuto em dia: Não se esquece de passar protetor solar… no cabelo!

Minuto em dia: Não se esquece de passar protetor solar… no cabelo!

EBAO verão está batendo à porta- digo, abrindo e entrando! -, e já está na hora de pensar nos novos cuidados que devemos tomar com nossas madeixas. Obviamente, eu nunca parei pra pensar porque precisava passar filtro solar no cabelo. No máximo comprava algum creme de pentear para usar no verão, muito por causa dos comerciais que surgem nesta época do ano, todos coloridos, sempre com aquela mulher balançando o cabelon, correndo na praia, se jogando na piscina, torcendo o cabelo pra provar que ele não quebra… EITA. Já deu pra entender né.

A verdade é que o verão, tão querido e aguardado, pode trazer alguns probleminhas para os nossos fios, que também sofrem com os danos causados pelos raios ulta-violeta (UVA e UVB). O sol lascando, aquela piscininha cheia de cloro e o mar delicioso podem provocar ressecamento, pontas duplas, envelhecimento, frizz e desbotamento. A gente não quer nada disso e quem pode nos salvar é o protetor solar.

Como eu já esperava, dei uma pesquisada, e o mais comum é achar o filtro no leave-in ou creme de pentear. Eu tenho alguns da Novex. Para aplicar, é só passar o creme no cabelo úmido, antes de correr pro sol e, depois do mergulho, ou a cada duas horas, enxugar o cabelo com água limpa e reaplicar. É tipo protetor solar mesmo, pra proteger do sol e hidratar, formando uma película em torno dos fios, pra que eles não fiquem ressecados. Algumas pessoas indicam passar sempre, até em dias nublados, o que não é tão difícil, já que muitos cremes, shampoos e condicionadores já vêm com filtro.

Como o ressecamento já é um grande vilão dos cabelos crespos, invisto bem na hidratação. Meu cronograma conta com esse cuidado pelo menos 2 vezes por semana.

Não pode dar mole, heim! Fique de olho no creme que você usa. Projeto cabelo hidratado e saudável no verão desde já!

por: Bruna Dias

Fontes: All Things Hair , Beleza e Saúde 

Montando o Cronograma! – Parte 2

Montando o Cronograma! – Parte 2

montando cronograma
Photo: Getty Images

No último post falamos sobre o Cronograma Capilar. Foi só a primeira parte! Agora que sabemos para que serve cada tratamento, vamos montar o nosso cronograma. O ideal é preparar uma rotina para 30 dias, com intervalo de 48hrs para cada etapa.

  1. Primeiro temos que levar em consideração o estado do seu cabelo:
  • Sem brilho e sem maciez – precisa de Hidratação
  • Opaco e com pontas duplas – Nutrição
  • Quebradiços, elásticos e com frizz – Reconstrução
  1. Montar o calendário por semana:

Para cabelos saudáveis

Se o cabelo está saudável, não precisa fazer reconstrução por muitas vezes (lembra que excesso pode prejudicar). Então o cronograma para esse tipo de cabelo privilegia a hidratação.

Cronograma Capilar (2)
Esse é o chamado cronograma “oficial”
  • 1ª Semana: 1 Hidratação + 1 Nutrição
  • 2ª Semana:1 Hidratação + 1 Hidratação
  • 3ª Semana: 1 Hidratação + 1 Nutrição
  • 4ª Semana: 1 Hidratação + 1 Reconstrução

Para cabelos levemente danificados

Aqui você pode intercalar entre hidratação e nutrição.  Bom para cabelos que estão opacos, ressecados, mas ainda não apresentam queda ou muita elasticidade.

  • 1ª Semana: 1 Hidratação + 1 Nutrição
  • 2ª Semana:1 Hidratação + 1 Nutrição
  • 3ª Semana: 1 Hidratação + 1 Reconstrução
  • 4ª Semana: 1 Hidratação + 1 Nutrição

 Para cabelos muito danificados

Não precisa nem dizer. É aquele estado que estamos passando mal com o nosso cabelo: frizz, elasticidade, quebra 😦 Precisa de reconstrução mais de uma vez no mês, respeitando o conselho de não abusar.

  •  1ª Semana: 1 Hidratação + 1 Nutrição + 1 Reconstrução
  • 2ª Semana:1 Nutrição + 1 Hidratação +Nutrição
  • 3ª Semana: 1 Hidratação + 1 Nutrição + 1 Reconstrução
  • 4ª Semana: 1 Hidratação + 1 Hidratação + 1 Nutrição

Qual eu uso: Eu intercalo o cronograma. Alguns meses uso o primeiro, outros o segundo. Depende de como percebo os fios. Em breve vou falar sobre quais produtos eu indico para cada etapa. Adianto um post muito interessante do #todecacho, sobre o cronograma. Lá eles especificam os componentes que os produtos de cada etapa devem ter. Vale conferir 😉

Beijos! Bruna Dias

Cronograma capilar  – Parte 1

Cronograma capilar  – Parte 1

cabeloComo já falei em outros posts, a transição capilar trouxe muitas novidades para a minha rotina de cuidados com meu cabelo. A principal delas foi, sem dúvidas, o cronograma capilar. O cronograma nada mais é do que uma agenda de tratamentos para recuperar os fios ou para mantê-los saudáveis.

É super fácil e os resultados são visíveis a cada semana: força, maciez e crescimento. Convido vocês a conhecer esse processo! Vamos lá?

O querido cronograma

Primeiro, temos que entender os 3 principais pilares do cronograma capilar: hidratação, nutrição e reconstrução.

Hidratação: Eu sempre achei que todos os cremes de “massagem” fossem para hidratação, comprava qualquer um! A hidratação é sim fundamental para todo tipo de cabelo. Essa etapa é responsável por repor a água natural dos cabelos, deixando-os mais macios e brilhosos. É bem fácil, alguns cremes trazem a opção de passar por 3 minutos durante o banho. Outros são mais profundos, 20 a 30 minutos com touca. Frequência: faço2 vezes por semana.

Nutrição: Fase conhecida por ser a mais importante para os cabelos crespos, a nutrição repõe os lipídios, ou seja, oleosidade e gorduras naturais do cabelo. Lembra quando falamos de tipos de cabelo? Os cabelos crespos e cacheados ressecam mais e são facilmente danificados pelo vento, sol, além de químicas. Então, os cremes que tem manteigas e óleos vegetais, combinados com hidratantes, ajudam muito a manter esses cabelos saudáveis. Os cremes de nutrição vêm identificados, eles normalmente têm óleos (óleo de argan, macadâmia, amêndoas, coco, oliva), manteigas (karité, cupuaçu, cacau, abacate) na composição.

Essa etapa traz força e vitalidade e pode ser feita pela umectação, que é nutrição com óleos vegetais puros. É importante saber se o óleo é vegetal puro ou se é mineral. Óleo mineral não traz os mesmos benefícios, geram efeito superficial apenas. Eu gosto muito da umectação noturna: coloco o creme no cabelo de noite e vou dormir. Tiro de manhã e lavo. Frequência: uma vez por semana.

Reconstrução: Esse processo é feito para repor as propriedades naturais da fibra capilar, ou seja, repor massa e queratina dos fios. A queratina é uma proteína que ajuda a formar as unhas e os cabelos, por isso, a reconstrução é importante para restaurar cabelos ressecados, quebradiços e que já foram danificados por processos químicos. Mas, temos que tomar cuidado nessa etapa: muita queratina pode ter efeito contrário. O cabelo fica enrijecido, sem brilho, o pente nem passa. Então pode quebrar com facilidade e não é isso que queremos!

Há duas formas de fazer reconstrução: com máscaras (procedimento igual de hidratação) ou com cauterização com queratina líquida. Eu faço com queratina: lavo o cabelo, passo a queratina, deixo 10 minutos. Volto pro chuveiro e passo por cima uma máscara de hidratação (para amaciar! Cabelo fica muuuuito rígido!) e deixo mais 5 minutos. Depois enxáguo. Frequência: 1 vez por mês.

Esses foram as três fases para montar o cronograma. No próximo post vou montar o meu com vocês!

Beijos,  Bruna Dias

#perguntadodia: qual seu tipo de cabelo?

#perguntadodia: qual seu tipo de cabelo?

tipos-de-cabelos.jpg
Tabela perfeita do Cabelo Afro  

Uma das maiores novidades pra mim durante a transição capilar foi descobrir que existiam classificações reais para diferentes tipos de cabelo. Vou falar aqui da mais simples e que está presente na maioria dos cremes que uso: a classificação de Andre Walker. 

No final do post listarei alguns blogs BEM legais que falaram sobre isso e me ajudaram bastante. Achei super importante conhecer as graduações de cabelo, porque muitas vezes eu reclamava de determinado creme e ele simplesmente não era feito para o meu tipo, ou seja, match errado! E desfeito…

Vamos lá! Você, como qualquer outra pessoa, já ouviu falar das 4 graduações de tipos de cabelo: liso (1), ondulado (2), cacheado (3) e crespo (4). Até aqui tudo fácil, né? Mas, esses tipos de cabelo possuem subdivisões, e é aí que começa a ficar complexo. São elas: A, B e C.

TIPO 1 

Para descomplicar, é só imaginar aquele cabelo extremamente liso, sem nenhuma ondulaçãozinha. Esse é um original Tipo 1A. Agora, se o cabelo tiver uma leve ondulação nas pontinhas, será Tipo 1B. Caso ele tenha ondulação mais definida, for pesado e grosso, será um Tipo 1C. Pronto, essas foram as três variações do cabelo liso (Tipo 1).

TIPO 2

Os cabelos ondulados são mais fáceis de identificar. São os Tipo 2. O 2A não é liso, nem pesado, é aparentemente amassado, em forma de ondinhas. Já o 2B deixa de ter aparência amassada e apresenta um formato de S, bem mais para as pontas. O 2C traz um ondulado volumoso em formato de S também, só que a partir da raiz do cabelo.

TIPO 3

Chegamos no tipo cacheado. O Tipo 3A é aquele que tem cachos (sim, cachos em formato de mola!) grandes (largos) e soltinhos. Está ficando fácil rs O 3B é aquele mais enroladinho, o cacho menor e mais fechado. E o 3C é o tipo cacheadinho, bem apertadinho. Esse cabelo já apresenta mais volume e frizz.

TIPO 4

O Tipo 4 representa os cabelos crespos. Aqui, observamos que os fios começam a perder a definição dos cachos e geralmente são mais secos porque a oleosidade do couro cabeludo tem mais dificuldade de chegar às pontas. O 4A mantem a forma de S, porém é ainda mais apertado que o tipo 3C. O 4B traz mais volume, mas perde definição, ganhando a forma de Zig Zag. O 4C perde a definição de cacho, tem formato de Z, é mais seco que os anteriores, mas tem bastante volume.  As pessoas dizem que esse último não forma cacho, mas muitos dizem que forma sim, porém bem pequenos. É o cabelo mais volumoso entre todos os tipos.

Antes do bc eu tinha o medo bobo do cabelo não cachear, mas quero ressaltar que pra mim não importa mais se o cabelo (natural) forma cachos ou não. Não gosto da ideia de sair da química para se prender ao cacho completamente perfeito, cada tipo de cabelo é de um jeito. Eu vou, claro, tentar defini-lo e cuidar da melhor forma… ah, vocês já viram as divas que existem com cabelo tipo 4?! Se não, comece pela Gabi Oliveira. 

Voltando… Essas são as classificações! Mas, como tudo na vida, nada é apenas “isso” ou “aquilo”, então, algumas pessoas podem ter mais de um tipo de cabelo na cabeça! Conseguir identificar qual é o seu irá ajudar na melhor forma de trata-lo. Agora já sabemos, por exemplo, que os cabelos crespos são mais secos naturalmente, então podemos apostar nas hidratações calculando intervalos mais regulares (é o que eu faço). Uma linha que eu uso bastante é a #Todecacho da Salon Line. Eles lançaram a “Que tal”, que foi desenvolvida especialmente para cada tipo de curvatura. Gosto do “Crespíssimo”, para cabelos do Tipo 4: define bastante e mostra que dá para arrasar por ai formando cachinhos hidratados mesmo nas categorias mais crespas. Ah, os produtos vêm com essa tabela abaixo. Note que eles classificam o 3B e o 3C como crespo.

todecacho

Bom, eu ainda não descobri em qual subcategoria do Tipo 4 meu cabelo está. Estou passando ainda por scab hair* em algumas partes que não cresceram de forma igual e talvez tenha que cortar um pouquinho de nada só para tirar umas pontas teimosas.

Acho que agora ficou fácil responder: qual seu tipo de cabelo? 😀 

*Scab hair é o nome dado ao cabelo que nasce logo após as químicas, ou seja, fios que foram afetados pelo alisamento, ou pela chapinha, secador etc., não formando o cacho totalmente.

Indico leitura: 

O guia completo sobre os tipos de cabelo – Carol Souza

Tipo de cabelo: como identificar o seu? – Cabelo Afro

Vem saber qual a graduação dos seus cachos – Belle Almeida 

Bruna Dias

Cuidando do cabelo crespo nos dias frios 

Cuidando do cabelo crespo nos dias frios 

Lembro bem de como eu sofria no inverno quando meu cabelo era completamente cacheado. Falta de brilho, ressecamento e pouca definição: ainda não sei o que mais me chateava. Tinha a mania de molhar o cabelo sempre que podia, e no frio, todo mundo quer distância de água né rs. Não achava/nem procurava tantos produtos para salva-lo nesse período. Hoje, temos  variedade de cremes, além de dicas fáceis pra dar uma luzinha pros cachos. Vou falar sobre duas delas (que aprendi em muuuitos sites legais – vou deixar os links no final) e de produtos que estou curtindo usar. Vamooos!

  1. cabelo.jpgHora do banho!  Tomar banho no frio é um desafio. Lavar o cabelo então dá uma preguiça. Mas você vai dizer: ué, banho quentinho no friozinho é gostosinho. Pra você até é, mas pro seu cabelo não! O coitado fica ressecado, sem brilho. Tudo de ruim, eu percebo logo quando saio do banho a textura estranha. E se você lavar todos os dias, a situação piora: quanto mais a gente lava, mais ressecado ele pode ficar. Felizmente, pra mim, a necessidade de lavar o cabelo no frio diminui significativamente, porque ele parece menos sujo. Ainda bem, ficar com cabelo molhado e gelado ninguém merece, nem ele mesmo. Isso pode deixa-lo ainda mais frágil e quebradiço. A dica que eu acho mais difícil de seguir é evitar água quente no cabelo… mas vamos tentar pelo menos água morna!book-pages-planner-calendar (1)
  2. Sagrado Cronograma Capilar – Ainda não fiz um post só sobre o cronograma porque vivo trocando os cremes – ainda estou na fase de testes – e quero escrever indicando os que eu mais gosto. Mas, ressalto aqui como seguir o cronograma ajudou meu cabelo a crescer. Fiz o bc há um mês, com sete meses de transição, e a impressão que tenho é que metade dele cresceu em apenas um mês. Faço o cronograma tradicional, mas quando encontro um produto que quero testar, às vezes adapto. O que mais gosto é a definição, brilho, maciez e resistência que os cuidados dão ao meu cabelo – e acredito que por isso ele esteja crescendo tão rápido. Aprender sobre os produtos, escolher criticamente, e conseguir apontar “esse serve, esse não serve” é muito bom.Você começa a conhecer seu próprio cabelo. No frio, o cronograma ajuda na manutenção da hidratação e nutrição do cabelo. Nesse inverno estou fazendo mais nutrição do que hidratação, porque o que mais me incomoda é o frizz e a falta de definição. Obs: eu não deixo de fazer hidratação! Faço para não deixar os fios ressecados. Mas, nesse período, estou apostando mais na nutrição. Inclusive a umectação (com óleo de Rícino e de Coco da Salon Line) que é um dos tratamentos que mais gosto de fazer, por garantir uma definição incrível.#dicadoinsta: Na semana passada, estava com a umectação noturna na cabeça, preparada para dormir, quando vi o stories da @sostransitete. Uma dica muito boa para testar: depois da umectação, ainda com o óleo na cabeça, aplicar Yemastrol e deixar agir por 15 minutos. Lavar normalmente e finalizar com Yemasterol. Que definição e brilho! Fiquei apaixonada!Ah, falando em finalizar, alguns produtos me ajudam a segurar o frizz e não deixar o cabelo tão ressecado. Eu gosto muito dos cremes da Seda, principalmente o Ceramidas (aquele rosinha), o gloss da Maria Molinha que dá uma segurada e brilho, e o creme cc cream da Vizcaya (textura muito boa, da pra ver que hidrata bastante e facilita pentear).

E você, como cuida dos cabelos no frio?

Indico leitura: 

Hidratação ou nutrição: qual é o melhor tratamento para o fio crespo? – All things hair

5 Dicas para cuidar do cabelo crespo / cacheado no inverno – Cacheia

Cabelo crespo e cacheado no inverno: dicas para manter os fios bonitos e saudáveis – All things hair 

Como cuidar do cabelo cacheado no inverno – Desventuras de uma cacheada